ESCRITORES, POETAS, ARTISTAS, PREFEITO E VICE-PREFEITO PARTICIPAM DA ASSEMBLÉIA GERAL


Com a presença do Prefeito Municipal, Gilson Amaro, do Vice Prefeito, Cesar Simonassi, de Secretários Municipais, Escritores, Poetas e Artistas foi fundada na última sexta feira, dia 10 de novembro de 2017, a Academia de Letras e Artes da Cidade de Santa Teresa, uma associação civil de direito privado, organização não governamental, de caráter social e cultural, sem fins lucrativos, com autonomia administrativa e financeira e, de âmbito Municipal, com jurisdição no Município de Santa Teresa, Estado do Espírito Santo e de duração por tempo indeterminado. Na ocasião foram aprovados os Estatutos e por aclamação foi eleita a primeira Diretoria presidida pela Artista e Produtora Cultural, Maria Cleusa Fardin. Também por aclamação foi eleito Presidente Emérito o falecido Ambientalista Augusto Ruschi. Na mesma ocasião foi aprovado que o ano 2018 será o Ano Celina Rodrigues, Artista Plástica de Santa Teresa que se fosse viva faria cem anos em 2018.

A Academia de Letras e Artes de Santa Teresa contou na sua fundação, com o apoio voluntário e técnico do Presidente do Clube dos Trovadores Capixabas, CTC, Vice Presidente da Academia de Letras e Artes da Serra, Aleas e Secretário Geral da Academia de Letras Jurídicas do Estado do Espírito Santo, Clério José Borges, que estava acompanhado da Vice Presidente do CTC e integrante de diversas Academias, Kátia Maria Bobbio Lima e acompanhado ainda do Secretário Geral do CTC e integrante de diversas Academias, João Roberto Vasco Gonçalves. Também acompanhando o grupo a Trovadora Zenaide Emília Thomes Borges. Clério José Borges já fundou várias entidades c ulturais e Academias de Letras tendo sido fundador e primeiro Presidente da Academia de Letras e Artes da Serra e fundador da Academia de Letras Jurídicas do Espírito Santo, presidida por Luzia Ester Doná e há 37 anos, Clério José Borges fundou o CTC, Clube dos Trovadores Capixabas.

A Academia de Letras e Artes de Santa Teresa, de sigla ALEAST, possui entre seus objetivos sociais e finalidades a promoção e divulgação de Escritores, Poetas, Trovadores, Cantores, Artesãos e Artistas nascidos ou residentes no Município de Santa Teresa, desenvolvendo atividades culturais, programas literários, artísticos e científicos, estudo e o cultivo das Letras e das Artes em todos os seus ramos, aspectos e pesquisa, além de preservar a Memória Histórica do Município, apoiando Grupos Folclóricos de Bandas de Congo, jongo, folia de reis, capoeira e incentivando a publicação de obras sobre Personalidades Históricas, Lendas e Folclore da Região e apoiand o iniciativas que visem a preservação do Patrimônio Histórico e Cultural e Patrimônio do Meio Ambiente, de modo especial a conservação e proteção de montanhas, serras, matas, riachos, rios e lagoas.

A nova Academia de Letras e Artes terá como sede provisória na RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) Bei Cantoni, localizada na Estrada de Aparecedinha, São Pedro, Santa Teresa, ES, com CEP: 29.650-000 e possui a seguinte Diretoria Executiva eleita para o quatriênio de 10 de novembro de 2017 a 10 de novembro de 2021: Presidente, Maria Cleusa Fardin, Produtora Cultural; 1ª Vice Presidente, Leni Cruz Mota, professora; 2ª Vice Presidente, Mariza Lucindo, professora; Secretária Geral, Marilande Angeli, Pedagoga; 1ª Secretária, Lindaura Maria Fardin, Artista Plástica; 2º Secretário, Rogério Dalmonch, Produtor Cultural; 3ª Secretária, Senhora Itamar Gonçalves, Artes&atil de;; Tesoureiro Geral, Cristiano Neves, ambientalista; 1º Tesoureiro, Marcos Corteletti, Artesão; 2º Tesoureiro, Cláudio Rasseli, Artesão. Para o Conselho Fiscal foram eleitos. Conselheiro Titular Presidente, José Ivane de Souza, Jornalista; Conselheiro Titular Vice Presidente, Letícia Loss, Professora; Conselheiro Titular 1º Secretário, Claides Guisolf Rasseli, Artesã; Conselheiro Titular 2º Secretário, Mariza Simões, Artesã. 1º Conselheiro Suplente, Giovana Bomfin, secretário executiva; 2º Conselheiro Suplente, Célio Perini, Técnico em Informática e 3º Conselheiro Suplente, Marivalda da Costa Bridi, professora.

Além do Presidente emérito Augusto Ruschi e do ano Celina Rodrigues para 2018, foi aprovado ainda o nome do Prefeito Gilson Amaro como Acadêmico fundador da nova Academia, por seu importante trabalho de apoio a Cultura e as Artes do Município, sendo ainda aprovado os nomes dos Escritores e Poetas, Kátia Bobbio, Clério José Borges, Roberto Vasco, Zenaide Emília Thomes Borges e Pedro Antônio de Souza,  como primeiros Acadêmicos Correspondentes. Também foram aprovados os nomes de 21 patronos, sendo que as demais 19 Cadeiras, de um total de 40 que possui a nova Academia serão nominadas e aprovadas posteriormente. Em seu discurso o Prefeito Gilson Amaro anunciou que após a devida legaliza&cced il;ão em Cartório da Academia, estudará a possibilidade de um comodato entre a Prefeitura e Academia que ficará responsável pela Administração da Casa da Cultura da Cidade de Santa Teresa.

Foram homenageadas como Patronos das Cadeiras da Academia de Letras e Artes de Santa Teresa as seguintes Personalidades: Cadeira N.º 1, Augusto Ruschi ambientalista; Cadeira N.º 2, Celina Rodrigues, Artista Plástica; Cadeira N.º 3, Virgínia Gasparini Tamanini, escritora; Cadeira N.º 4, Orlando Bomfin Junior, Jornalista; Cadeira N.º 5, José de Anchieta Fontana, Desportista; Cadeira N.º 6, Virgílio Lamber Thomazi; Cadeira N.º 7, Henrique Pretti, Deputado Federal e Vice Governador; Cadeira N.º 8, Mário Salvato, Músico; Cadeira N.º 9, Walfredo Zamprogno, vice Cônsul da Itália no ES; Cadeira N.º 10, Victor Humberto Biazuti, Escritor; Cadeira N.º 11, Nilzo Monteiro Lima, m&uacu te;sico e compositor; Cadeira N.º 12, Paulino Muller, Deputado Estadual e Prefeito de Vitória; Cadeira N.º 13, Frei Estevão Corteleti, Reverendo Católico; Cadeira N.º 14, Neida Mirna Dalcolmo, Promotora de Justiça; Cadeira N.º 15, José Regatieri, Cineasta; Cadeira N.º 16, Frederico Muller, Escritor; Cadeira N.º 17, Germano Aurich, Músico; Cadeira N.º 18, Darly Nerty Vervloet, Prefeito; Cadeira N.º 19, Belmiro Perini, Prefeito; Cadeira N.º 20, Américo Gasparini, Advogado; Cadeira N.º 21, Américo Loss, Músico.

 

Texto: Clério José Borges

Fotos: Rogério Dalmonch, Giovana Bomfin e Clério José Borges.

Contatos: cj-anna@bol.com.br;

GRANDE MOMENTO DA CULTURA DAS ARTES E DAS LETRAS DE SANTA TERESA.